Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

samambaia sound club:

a samambaia sound club toca hoje no clube da luta ao lado do coletivo operante, que aproveita a ocasião para fazer imagens para seu primeiro video clipe. a noite também terá o bailinho dançante do dj zé pereira e uma exibição do filme amarras de letícia kapper.
a samambaia sound club está desde janeiro deste ano trabalhando no material de seu novo disco que tem previsão de lançamento para o segundo semestre de 2009 e que vem com algumas canções já conhecidas do seu público: não (finalista do femic do ano passado), deixa eu te levar (agora!) (single lançado em janeiro) e mais vinho pra mim (que ganhou recentemente clipe de marcos stroich). sobre essa música muito se falou, recebi imeius de amigos e li e ouvi comentários de outros (alguns nem tão amigos).
acho que não devo me pronunciar sobre o que pensam a respeito do meu trabalho. depois de apresentado, o público é dono dele e o artista não deve alardear sua versão da obra (pois ela ainda que seja só mais uma, ainda tem alguma autorida…

amanhã (porque festa é o que nos resta):

para o caso de você não saber: vive la fête com chá dançante é uma festa que são duas — uma que junta beleza e artes e outra que une música e moda. sua quinta edição acontece nesta quinta-feira, amanhã, no vecchio giorgio na lagoa da conceição.
a vive la fête oferece ao seu público um salão de beleza com penteado, maquiagem, limpeza de pele e mais: uma equipe de produção de moda com fotógrafos e figurinos (dessa vez com o patriocínio da colcci) sem nenhum custo adicional (isso isso isso). além de tudo, nesta edição, a festa apresenta os quadros da artista paula souza e, além do dj residente jean mafra — sim, eu, renê müller como convidado nas pickups. mais ainda, durante o evento haverá sorteio de presentes...
se eu fosse você, não perdia!

criança - a alma do negócio:

ana carina me mostrou esse documentário, de estela renner, que mostra os efeitos (negativos) da publicidade no comportamento e nos valores das crianças hoje em dia — é de deixar qualquer um chocado.

mesmo longo, ao menos para os padrões internauticos com os quais estamos habituados, vale a pena cada um de seus 45 minutos. minha dica é: veja de pouquinho em pouquinho... principalmente se você tem filhos ou pretende tê-los (a aninha parece que quer...).


veja:

não veja. (tem mais aqui)

3 da manhã:

3 da manhã, não tenho sono e tenho sede e ainda não me masturbei vendo alguma bobagem pornográfica na net, perdi uma hora precisosa no youtube com trechos de shows que não pagaria pra ver, ando ouvindo e reouvindo o que amava quando tinha 14 ou 15 anos e embora não tenha mais saco pra muita coisa, sou um idiota bonzinho que quase nunca diz não.
3 da manhã, tenho algumas dívidas, muitos planos e uma vontade de ir embora daqui.
3 da manhã de sexta, quase hora de ir pra cama e voltar a leitura de paulo emílio salles gomes.
3 da manhã e você não está nem aí com o que penso se me lê no meio da tarde (faria diferença se fosse 3 da manhã?). acho que fiz uma canção de amor como venho querendo a muito tempo (toda derramada como marcio greyck). eu e felipe melo, técnico do estúdio gotan e músico da banda de henrique amorim, a canção não tem título ainda, mas deveria se auto-explicar com algo como "agora o que fazer se só tenho essa angústia e esse frio triste que não me deixa engolir nada e m…

samambaia sound club:

o recado:

"a samambaia sound club quer dividir com você o momento pelo qual está passando, e ele é de expectativa e de ansiedade. após muitos meses de trabalho, entramos em estúdio para gravar nosso novo disco. felizes com o material, esperamos em breve compartilhar essas canções com você. por enquanto, aproveitamos para lançar um novo clipe, de uma canção até aqui inédita, mais vinho pra mim, gravada há cerca de um mês, durante um fim de semana em que estivemos num sítio em são pedro de alcantra, trabalhando as novas músicas. foi lá que nosso amigo (o cineasta) marco stroisch capturou imagens desse momento de, ao mesmo tempo, tranquiliadade e ansiedade, em que nos dedicamos de corpo e alma aquilo que mais amamos: a música.

acontece que, para nossa alegria, essa canção, e seu vídeo, foram selecionadas para o quadro garagem do faustão, que vai ao ar aos domingos no programa daquele apresentador. por isso, aproveitamos e convidamos você, para conhecer e votar em mais vinho pra mim - …

duas coisas distintas:

nesta quarta, há a estreia do projeto a GENTE vive na mesma CIDADE, faz som DIFERENTE e se encontra AQUI, em que eu,jean mafra, rodrigo daca e peter gosweiler apresentaremos um pouco da diversidade da música desta cidade, florianópolis. se a antiga desterro é hoje a favorita de tantos que a escolheram e que fazem dela um amalgama, nós, que também viemos de outras partes (do pará, do uruguai e daqui mesmo), nos unimos pois apesar das aparentes diferenças compartilhamos de afinidades que vão além do fato de amarmos a mesma cidade.
há ainda que se citar a presença dos faixa preta (banda que acompanha daca e que é formada pelos ex-pipodélicaeduardo xuxu, marcio leonardo e marcio rs), de blue (koll witz) e de bruno barbi (grande figura do underground de floripa, ex-the dolls, atualmente no all about drinks).
para quem não conhece meu trabalho, disponibilizo aqui um link para quem quiser baixar meu disco gratuitamente. vá lá — em breve, novidade, sai o clipe de dobra...
_______________________…

por que a gente é assim?

oito da manhã, domingo de sol, chequei em casa a pouco mais que meia hora e não tenho sono. terei um longo dia. fumei demais, bebi mais do que devia. dancei, ri um montão, falei muita bobagem...

ih, acho que vai faltar dinheiro essa semana. porque que a gente é assim?

(por encreça que parível: as músicas que mais enlouqueceram o povo nesta noite, na qual fui o dj, foram womanizer e menina veneno — vôo de coração, o disco, do ritchie é foda!!!)

hoje é sábado, amanhã é domingo:

Hoje é sábado, amanhã é domingo A vida vem em ondas, como o mar
Os bondes andam em cima dos trilhos
E Nosso Senhor Jesus Cristo morreu na cruz para nos salvar.


começa assim o poema o dia da crianção de vinícius de moraes, que mais a frente segue com

Neste momento há um casamento Porque hoje é sábado
Há um divórcio e um violamento
Porque hoje é sábado
Há um rico que se mata
Porque hoje é sábado
Há um incesto e uma regata
Porque hoje é sábado
Há um espetáculo de gala
Porque hoje é sábado
Há uma mulher que apanha e cala
Porque hoje é sábado
Há um renovar-se de esperanças
Porque hoje é sábado


é sobre sábado que queria falar agora:
rodrigo daca, que participa da coletânea john lennon letra & música ao lado milton nascimento, gram, rita lee, titãs e outros, estará se apresentando hoje no drakkar na lagoa da conceição | no centro da cidade duas festas animadas: sangria disco, produzida pelo meu querido parceiro/amigos isaac varzim recebe, além do residente tiago franco, o projeto snaker charmer (allen r…

eeeeehhhhhhhh!!!!

foram três, as estrelas que luiz pimental, na revista rolling stone (brasil) deste mês, deu a yes, novo dos pet shop boys. não precisava ser tão economico. também não vou, como muitos fãs dos britânicos, dizer aqui que esse é o melhor disco de neil tennant e chris lowe desde very — até porque não tenho memória curta e não poderia ignorar o lindo release de 2002.

a tendência, em geral, da imprensa (e não só essa que faz o chamado jornalismo cultural), é reler o passado conforme o presente, e nesse caso, graças ao triunfo de alguns artistas eletro-pop no cenário atual, os pet shop boys tiveram sua discografia reavaliada. aqueles álbuns mais melancólicos e "sérios" ficaram um tanto quanto em segundo plano, enquanto outros, mais alegres, como very (na época injustamente excecrado por alguns — todos queriam ser grunge em 1993...), são agora tidos como o melhor dos peties. a questão é que muitas águas rolaram e tennant e lowe são tidos como dois dos melhores compositores pop surgid…

uhhhhhhhh!!!

a essa altura o oasis deve estar entre nós e muitos amigos e parte da imprensa se rasga de alegria. não eu. nunca achei a banda grande coisa, ainda assim, reconheço qualidades em seu trabalho — principalmente no (ótimo) disco (whats the story) morning glory?. o que incomoda é ver que de uns anos para cá o quarteto venha sendo colocado num pedestal que relê o passado como lhe interessa (nesse sentido, não sou ingênuo, sei que as coisas sempre funcionam assim).

em 2004, thiago ney fez uma matéria sobre os 10 anos de lançamento do primeiro disco do oasis como se aquele acontecimento tivesse, na época, feito grande diferença. como se houvesse acontecido uma mudança de cenário ou algo do tipo. não foi assim. ao ler aquilo fiquei profundamente incomodado, advinhando um novo desenho da "história" recente do pop. pra mim, que tinha 17 anos na época e era leitor de revistas daqui e de fora e acompanhava com interesse os lançamentos, noel gallegher e cia eram só mais uma aposta da impr…

vencer, vencer, vencer!

wilson batista ficaria orgulhoso!!!