Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

bianca chiaradia

bhianca chiaradia é gente como a gente. bhianca chiaradia não faz corpo mole e produz e vive cultura em florianópolis. bhianca chiaradia dirige o programacatarina para a record news. a catarina (revista que é um programa de tv que é um portal de informação na internet) é a cara da bhianca, e de sua criadora, patrícia lima: arrojada, estilosa, inteligente.
tem os pés fincados aqui e os olhos voltados pro mundo. com orgulho de ser quem é, sem querer parecer outro/a. sinto nelas (a revista e a(s) moça(s)) uma vontade de competir e se colocar e se mirar naquilo que de melhor é produzido em londres, nova york, são paulo, sem se esquecer de onde se vive e com quem, ou para quem, se fala. algo que considero digno de admiração — por mais que isso pareça o mínimo que se pode se esperar de alguém, ou justamente por isso...
é o que faz de gente como oswald de andrade, glauber rocha, cazuza, fernando meirelles ser o que são.
mas não é só isso que admiro em bhianca chiaradia (e patrícia lima e isaac …

hum...

ai, que preguiça.

ando lendo calvin & haroldo (de bill watterson — descobri, depois de anos de convívio, que a mulher com quem divido a vida é vidrada em quadrinhos!).

ontem, a contra gosto, fizemos uma mega faxina no escritório do meu pequeno apê. e eu podre, de mau-humor e cheio de preguiça, depois de uma longa e divertida noite — casa lotada — de samambaia sound club e aerocirco.

...e daqui a pouco a gente volta...

i want a dog:

não gosto de natal. a coisa das pessoas todas na rua comprando, o papo de amor e esperança, as festas de empresa, os enfeites nos postes e sacadas, em geral, me deprimem. ouço morrissey e ando lentamente pelo centro da cidade. não gosto do que vejo ao meu redor.

a chuva continua e (incrível e inexplicavelmente) faz frio em florianópolis no dia 16 de dezembro deste 2008.

tenho um blog, um monte de dívidas e um amor latejando.

gosto de jazz, comédias românticas, sorvete, noites de lua, cigarros mentolados, pessoas sem papas na língua e pudores sexuais e de uma menina de 11 anos que me chama de pai. não gosto de natal. não me considero cristão. aliás, acho que o cristianismo, como agente fundador de nossa civilização, é o grande responsável por um monte de infelicidades que nos cercam (inclusive essa que sinto).

me incomoda ver que certos nomes como copacabana club são alçados a categoria de a melhor coisa dos últimos tempos mais por seus cortes de cabelos e looks bacanudos que por sua músi…

li no blog de andré forastieri:

li e não acreditei. fiquei chocado e caí na gargalhada. reproduzo aqui ...por isso está em maiúsculas... (será mesmo?!?)

"É verdade que Serra e Soninha estão namorando?"

O boato corre faz semanas. Uns dias atrás um jornalista amigo me “confirmou” num jantar. Diz que outro jornalista com fontes quentes no governo de São Paulo viu isso e aquilo.

Difícil acreditar. Conheço Soninha faz uns quinze anos, de longe. Tenho a maior simpatia pessoal e nenhuma simpatia eleitoral - mas também, não tenho simpatia por político nenhum. Mesmo assim acompanho fascinado suas aventuras no pântano político. É sempre educativo observar gente como a gente, repentinamente alçada a posições de poder.

Soninha namorar o Serra seria muito exótico. Mas coisas mais estranhas já aconteceram.
Se for verdade e exposto, é bem possível que o governador - casado faz décadas - perca muito das suas intenções de voto para 2010. Talvez perca a chance de ser candidato a presidente. Porque mesmo sendo questão de vida pa…

em breve:

ôba!


ressaca

eu queria um poema aqui. algo confuso, mas que explicasse um pouco da minha cabeça pra mim. sim, pois o blog é antes pra quem escreve, certo?!? não?!?

ontem dancei e me esbaldei com o killer on the dance floor. muito muito bom. a casa também (circuit), ótima. o povo que lá estava, bacaníssimo. agora a vodka e as devassas, mesmo sendo deliciosas, foderam comigo...

antes ainda, teve o lançamento do clipe do da caverna na célula. muito bom. o clipe ficou a cara da banda: leve, despretensioso, divertido.

ainda no clube da luta: a apresentação de andrey & a caverna do dragão de komodo foi ótima. foderosa. neno moura está tocando bateria cada vez melhor e marcio costa conseguiu roubar a cena até de andrey mesmo (no tijuquera, a outra banda sua, fica fácil ser o centro das atenções pois marcio da vila, o vocalista, é meio introspecção total mesmo... agora, com a baba, é preciso admitir a força de marcinho no palco!).

a noite foi longuíssima e terminou com o sol forte de um sábado cruel com q…

coisas avulsas:

quarta foi a final do uóscar, eleição e melhores/piores do ano festa de dona zuleika zimbábue (um travesti em forma de guri). daí que fui e muito me diverti por lá (no blues velvet), apesar de a samambaia sound club ter recebido o prêmio de pior banda do ano (sim, posso ter rido, mas não achei nada engraçado... acho curioso, e poderia até discorrer a respeito, mas para quê, não é?!?).

bom, horas antes estava sentado em uma mesa de bar com tião e bianca chiaradia, um povo do cinema com me relaciono... daí que bebemos demais e por este motivo acabei não indo assistir a última apresentação da peça a galinha degolada (com direção de jeffersonbittencourt e com gláucia gricolo no elenco, era um espetáculo para não se perder). foi tudo ótimo, mas como queria ter ido à peça (é por isso que digo, não bebam antes de um compromisso!!!).

bom, e quem disse que ontem, quinta, dia 04, consegui acordar cedo para ir à coletiva de imprensa do lançamento do clipe do da caverna?!?! pois é. que tristeza, se…

espécie de diário dos últimos dias:

meu sábado foi longo. dormi e acordei relativamente cedo. acho que na noite anterior, a de sexta, dia 28, fizemos uma bela festa no clube da luta. a intenção era arrecadar mantimentos para as vítimas do dilúvio catarinense e emanar ótimas energias para todo o estado.

acho que o ser humano precisa de festa. sempre. a festa não pode parar. digo isso através de uma vontade dionisíaca que é, de certo modo, quase uma negação da tristeza cristã que serviu de cimento para a construção da civilização em que vivemos. foi justamente isso que quis dizer lá em são paulo, no palco do teatro do parque anhembi (durante o show s.o.s. santa catarina, promovido pela tv culturapaulista): "florianópolis é uma cidade feliz e será ainda mais feliz daqui pra frente". acho que a gente tá aqui pra isso. ser feliz. a vida é curta.

tatiana cobbett sabe disso. acho. foi por causa dessa grande artista, de quem já venho falando a tanto tempo, que fomos convidados para participar do s.o.s. santa catarina.…